domingo, 4 de julho de 2010

Mulheres e seu Universo Paralelo

Não vou falar sobre a parte física de uma mulher. Isso é indiscutivelmente admirável e fica parecendo coisa de adolescente querendo se auto-afirmar.

Tem um pouco a ver com a postagem anterior. As mulheres são as mais "atingidas" por essa inocência de ver a vida como ela não é.

Raramente uma mulher sente o peso nos ombros quando chega a hora de crescer. Para as mulheres, cresce-se quando crescem os seios, aprende-se a maquiar, aprende-se a beijar, e quando se perde a virgindade. Tanto que existe a expressão "virou mulher" para esta ocasião. É uma expressão antiga, mas o sentido que ela carrega tem tudo a ver com o que estou falando e ainda vale na cabeça das mulheres (ditas) modernas.

Mas, "mulheres modernas"?
Nem acho que são.
Ainda vejo muitos jogos nas suas atitudes.
Não são assim tão cheias de atitudes...

essa que é a verdade.

As mulheres associam atitude e modernidade no ato de contrariar o senso comum. Mas este senso comum contrariado por elas, é o senso comum de suas bisavós. O que elas fazem, hoje, é simplesmente construir o senso comum. E este, por sinal, nem está tão mudado assim. O que se faz, é muito barulho, somente.

A mulher é moderna na hora que convém. A maioria das mulheres que se dizem independentes, procuram um homem rico para se relacionar. Por que o homem precisa ser rico? Ela não dá conta do recado sozinha? Ela não é independente?

O mais comum é ver uma mulher dirigindo - com o nariz empinado - o carrão de um marido rico. Também é comum ouvirmos elas dizerem "meu namorado/marido é dono de uma empresa [...] ele é doutor [...]". As mulheres se habituaram a crescer sem o peso de terem que construir suas vidas. Cresceram acostumadas a "tirar onda" com aquilo que não as pertence; com aquilo que elas não lutaram para conseguir. Muitas não trabalham desde cedo (para o homem é mais vergonhoso não trabalhar), e quando ficam mais velhas, já começam a caça por um homem que possa sustentá-las quando os "pais" não o fizerem mais. Na maioria das vezes, até os estudos; a faculdade, são pretextos para outras coisas (festas, status), e não visando uma melhoria financeira necessária, porque nem sempre elas realmente necessitam disso (já que quem necessita é o homem escolhido por elas).

Isso explica o porquê de a grande maioria das pessoas que usam frases-otimistas-prontas serem mulheres. É muito mais fácil para elas dizerem coisas como "você tem inveja de mim", "é feliz quem merece", "Deus capacita os escolhidos", "a fila anda", "tá com inveja, entra na fila".... e muitas outras coisas que se vê em orkut e se ouve por aí na rua, e até pessoalmente e diretamente, porque não sabem como é difícil e custa caro ter as coisas.

ALGUMAS costumam crescer quando tem filhos. Acho que o sofrimento que começa na gravidez e continua com a dificuldade e responsabilidade de se criar um filho, dá um "tapa na cara" de muitas. Mas ainda acho que, hoje em dia, a maioria nem isso sente. Afinal, se o namorado (normalmente o pai do namorado) tiver dinheiro, o peso (ou não) de um filho é sentido (ou não) por ele.

Observação: é importante dizer que, quando se faz uma crítica, faz-se baseando-se nos padrões. Existem exceções, mesmo que nesse caso a palavra exceção talvez esteja sendo usada na ocasião em que ela mais significa!

E, apesar de tudo, tenho conhecido mulheres com cabeças mais admiráveis ultimamente. Nunca pensei que uma Faculdade fosse me colocar em contato com mais pessoas deste tipo do que eu encontrei durante minha vida. Mesmo que a própria faculdade destrua cabeças antes admiráveis e as transforme em abomináveis, ainda é possível encontrar mulheres que realmente valem a pena ter uma boa conversa ou algo mais.

E é uma pena que, apesar de tudo, o aprendizado e os "tapas na cara" nos fazem muito mais seguros sobre o que as mulheres têm de ruim, do que o que têm de bom.

E parabéns às EXCEÇÕES (com maiúsculas, tamanho o significado dessa palavra nesse quesito)!
Comentários pelo Facebook

3 comentários:

  1. Estou aprendendo a ser uma exceção XD
    Outro excelente texto!

    ResponderExcluir
  2. então...
    justamente por causa das conversas com você e com outras pessoas que conheci recentemente, resolvi fazer a observação sobre as exceções. =)
    Valeu!

    ResponderExcluir
  3. Obrigada!
    Vc tbm é uma exceção nesse mundo tão hipocrita e acéfalo, é sempre um prazer conversar com vc XD
    De nada

    ResponderExcluir